quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Lasanha de berinjela com cogumelos e bechamel de feijão




Bem...lá foi outra vez mais uma ausência "bloguiana". Por aqui não se parou de trabalhar, cozinhar e fotografar, divertir, sair, estudar... Nahhh, nada  disso! Apenas mais que fazer do que as típicas 24h de cada dia e uma constante transposição de funções acumuladas de dia para dia! O primeiro a pagar com o assunto? O blog!
Mantenho-me nesse registo mas as saudades de aqui vir e o pedido da partilha desta receita fez-me voltar! Não prometo regularidade por aqui nos próximos tempos (vou tentar!) mas prometo regressar!

Mais...também vos asseguro que a receita de hoje para além de saudável (e facilmente alterável para uma versão vegan) é muitíssimo saborosa e apesar dos muitos ingredientes é de muito fácil preparação.

Convenci-vos? Experimentem e depois digam-me se não é verdade! (Fico à espera)


sábado, 15 de setembro de 2018

Turquia III (Pamukkale a Bursa)


Chegamos à ultima parte da foto-reportagem pela Turquia!

Nesta fase do campeonato espero já vos ter dado muita informação útil para a vossa viagem, no entanto se precisarem de esclarecer alguma dúvida que tenham sintam-se completamente à vontade para o fazer!
Também nesta fase já espero ter-vos deixado cheios de vontade de lá ir! :p (e juro que não me pagam para dizer isto! hahaha)

Esta primeira fotografia que vos mostro é já para aguçar um bocadinho mais essa vontade, já que esta paisagem de Pamukkale é espetacular. Mas já lá vamos!



segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Turquia II (Ancara e Capadócia)


Continuamos com a viagem pela Turquia?

Depois de na primeira foto-reportagem vos apresentar a Istambul é altura de apanhar o minibus, providenciado pela nossa agência local, a Euromarmara e seguir rumo à parte mais Oriental do país.

Haaawwww...só acrescentar que na Turquia a moeda é a Lira Turca e vale muito menos que o Euro (na altura 1 Lira Turca = 0,17 cêntimos). Um conselho que vos dou é não só não trocarem o dinheiro no aeroporto (e isto é válido para qualquer viagem que façam) já que perdem sempre mais dinheiro, como também trocarem-no antes de saírem de Istambul. Em Istambul peçam ajuda ao recepcionista ou ao vosso guia para vos indicar uma boa loja de cambio.

Agora sim, podemos seguir rumo a Ancara, a capital!



sábado, 8 de setembro de 2018

Turquia I (Istambul)

Bom dia! Ora hoje, como já perceberam pelo título do post tenho foto-reportagem e muitas coisinhas para vos contar sobre a última viagem que fiz! Para quem me segue pelo instagram percebeu certamente que há cerca de 1 mês fui à Turquia e que muitas das fotos já as fui partilhando por lá!

Acabei por receber umas quantas mensagens a perguntarem-me coisas da viagem e confesso que foi das que mais curiosidade suscitou em quem me segue nas redes sociais. Portanto aqui vamos nós! Vou explicar tudinho!

Todos os anos faço pelo menos 1 viagem em família, com os pais e manos. Este ano queríamos algo diferente. Começamos por falar em Cuba mas entretanto vimos que para o tempo que queríamos e estilo de viagem que pretendíamos ficava bastante fora do nosso orçamento.

Ora, assim a modos que por acaso, estava eu a ver promoções da Logitravel e vejo um anúncio de "Turquia, 10 dias circuito, 499€".
Não sendo a Turquia uma prioridade na minha lista de sítios a ir, o preço e a descrição dos locais por onde iríamos passar agradou-nos bastante e lá decidimos: Vamos! 

E não me arrependo absolutamente nada! Foi uma enorme surpresa pela positiva! É um país cheio de uma beleza natural e cultural incrível e as pessoas em geral são bastante civilizadas.

Mas vamos voltar então ao foco inicial! :p
Portanto no total, total a viagem acabou por nos ficar em 1100€/pessoa. E passo a explicar!
Os 499€ eram a base, mas este seria o preço para época baixa. Para a altura que queríamos o valor era de 600€ base, depois teríamos que pagar mais 50€/pessoa em gorjetas, 200€/pessoa para excursões que faziam parte do plano, ainda comprámos um seguro de viagem (25€/pax) e comprámos os vistos de entrada no país! Ainda gastamos em coisas que queríamos, passeios extra e alguma comida.

A Turquia é um país euro-asiático, com apenas 5% na parte Europeia maioritariamente ocupada por Istambul e que faz fronteira com 8 países: Bulgária, Grécia, Geórgia, Arménia, Azerbaidjão, Irão, Iraque e Síria.

Não pertencendo à União Europeia (apesar de desde 2005 estar em negociações) é necessário Visto de entrada, que custa cerca de 30€ por pessoa, tem a duração de 90 dias para turistas e é muito fácil a obtenção. É só irem ao site do visa electrónico (link aqui), preencherem tudo e automaticamente o visto é emitido. Depois por segurança imprimam o papel final (com um código de barras).

Depois, nós levamos os nossos passaportes e foi o que mostramos no Serviço de Controlo de Fronteiras, ainda que na página do Portal das comunidades (link aqui) refira que desde 2013 cidadãos portuguesas possam entrar simplesmente com cartão de cidadão.

Agora quanto à viagem em si... foi tudo tratado com a Logitravel, uma agência de viagens online e bem conhecida e correu tudo super bem. O nosso pacote (que era o mais básico) incluía voos de ida e volta, estadias (quase sempre hotéis 5* muito bons, excepto em Istambul que era de 3*), pequenos almoços e jantares, os transfers aeroporto-hotel e de umas cidades para as outras, guia (que inicialmente achamos que seria espanhol mas depois tiveram o cuidado de conseguir um guia Português), as entradas nos vários locais a visitar e um passeio de barco que já vos explico.


Fomos 10 dias e adorámos!
Vamos ao passeio? Começamos por Istambul nesta primeira parte...



sábado, 1 de setembro de 2018

Sopa de cebola




Bom dia! É sábado, estamos a começar Setembro e daqui a pouco mais do que 1 semana estou finalmente nas minhas férias grandes.
Confesso que já anseio por elas! Por dois motivos:


1. Tenho imensas saudades de mais do que 2 dias seguidos a acordar sem despertador.

2. Vem aí a minha primeira grande viagem alone! (O destino, depois conto-vos!)


Já viajei para alguns sítios (sempre com uma ou várias pessoas) e vivi uns anos em Espanha sozinha, mas sinto que isto é diferente! Este é um estilo de viagem que com o tempo tem surgido uma imensa vontade de concretizar, pelo autoconhecimento que traz, pela experiência que é, pelo espírito que tem! A ideia é ir uns quantos dias, mochila às costas, mapa na mão e vamos lá! Claro que há todo um planeamento por trás (até porque não vou estar sempre no mesmo sítio) mas isso eu depois prometo que lá para a frente vos ponho a par.


Nos entretantos... tenho esta sopa bem bem simples e prática para vos mostrar, para que comecem a restabelecer-se dos excessos das vossas férias!
É uma sopa de cebola feita num dia em que pouco mais havia de legumes cá em casa do que cebolas! hahaha
Muitas pessoas acham que sopa é igual a ter uns quantos legumes diferentes, juntar tudo, meter a cozer, passar e está feito. E ok, nada de errado. Mas o tempo têm-me mostrado que às vezes na simplicidade vai o ganho! Se repararem uma boa parte das receitas de sopa que por aqui tenho partilhado são muito simples, com 1 ou 2 legumes principais na base...a que depois acrescento algumas especiarias e/ou ervas aromáticas... et voilá, ficam muito boas acreditem!
Portanto...esta de hoje não é excepção! Querem apostar?

PS: A guarnição...sintam-se livres para criar!

domingo, 19 de agosto de 2018

Aloha Café e uma vista para o mar




|Por aí a encher a barriga de coisas boas|

Foi com esta vista que nos deliciamos com um belo brunch saudável, em Sesimbra na última quarta-feira.
Era o aniversário da mãe e como sempre saímos para comemorá-lo bem ao nosso jeito. 
A mãe disse-nos que gostava de ir à praia, a Sesimbra, já que há muito que não ia até lá. E nesse contexto sugeri que fossemos experimentar o Aloha Cafe, que já estava na minha lista do "a ir" fazia tempo.

Para quem a esta altura já está a pensar "Coitada da mãe, que até em dia de aniversário é arrastada para restaurantes de comida saudável!" - os meus pais gostam muito deste tipo de alimentação e adoram experimentar sítios deste género. Para além de que nos últimos tempos pouco temos ido conhecer novos espaços neste contexto e por isso a resposta em aprovação do plano foi imediata e entusiasta.

Mas então foquemo-nos no Aloha!

sábado, 18 de agosto de 2018

Bulgur de tomate e cogumelos




Ora então, depois de uma viagem à Turquia que receita é que eu tenho obrigatoriamente que partilhar? Receita de Bulgur, claro!
Para quem não sabe o Bulgur é um cereal integral, muito rico nutricionalmente, principalmente em fibra (que ajuda muito os nossos intestinos a funcionarem bem) e proteína, e que contém glúten!
Para quem anda atento às promoções, se bem se lembram ainda há pouco tempo no Lidl estavam produtos de origem Turca em destaque e um dos que lá existia era este cereal.
Apesar de ainda não vos ter contado aqui sobre esta maravilhosa viagem à Turquia (espero não demorar muito a fazê-lo) adianto-vos já que lá é muito típico acompanhar os famosos Kebabs (que não é mais do que carne grelhada num espeto giratório) com Bulgur de tomate...tipo este que vos trago hoje a receita mas com a diferença de que o meu tem mais sabor! Desculpem a presunção mas é que acho mesmo que é verdade!
É um acompanhamento muito simples e rápido de fazer e uma óptima forma de fugirem à típica massa e arroz.
Aceitam o desafio de experimentar?
Alguns amigos meus vieram cá a casa, comeram e gostaram! :D


quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Uma discussão e 6 dicas de fotografia




Bom dia por aqui! Hoje vou fugir um bocadinho ao habitual. Tive que parar para falar de um (não)tema à volta do qual ainda paira muita crítica.

Isto porque à medida que as redes sociais ganham terreno as várias opiniões vão emergindo e uma das questões com que a uma dada altura me confrontei foi:

"Fotografias em bikini, sim ou não?"


domingo, 12 de agosto de 2018

Doce de maçã merengado




Ora então, bom dia minha gente!
Hoje cá estou com mais uma receita! Esta tenho que admitir que não é ultra saudável, mas é ultra fresca e tão mas tão boa! Para além de que metade do doce é à base de maçã e tentei reduzir um bocadinho o açúcar refinado!
Há anos que a faço e começou tudo com as maçãs riscadinhas do pomar do avô que não sabíamos que lhes fazer de tantas que eram! Esta foi a  (brilhante) solução)!
Ultimamente a receita andava assim mais esquecida. Foi um jantar de amigos cá em casa que me fez voltar a fazê-la e depois pensei "Tenho mesmo que a partilhar! Adoro-a, portanto vai ter mesmo que ser!".
Podem usar qualquer tipo de maçãs/pêros que tenham em casa. O merengue por cima vai dar aquele toque maravilhoso.

Experimentem e depois digam-me o que acham!


sábado, 11 de agosto de 2018

Apontamentos de natureza em tons de branco

É na Austrália e é casa de férias.
Eu por mim podia claramente ser a minha casa de todos os dias!

Já vos disse que sou de luz...as enormes vidraças encaixam.
Já vos disse que claridade e clareza é comigo...o branco encaixa.
Já vos disse que adoro o contacto com a natureza...as madeiras e ramos de oliveira encaixam.

Está feito! Fico com esta!




sábado, 28 de julho de 2018

Bolinhas de caril e legumes

Bom dia meus amores.
Ora então, hoje é dia de receitinha! E porquê esta receita? Porque volta e meia quando ia ao IKEA acabava a comer umas almôndegas vegetarianas (já provaram?) com cuscus, de que gostava bastante! Então decidi que estava na altura de fazer a minha versão de almôndegas vegetarianas ikea. E sairam estas preciosidades! Têm que admitir que até estão parecidas de aspecto! O sabor...fazem e depois dizem-me se gostam! Combinado?



sábado, 21 de julho de 2018

Trip Aveiro II

Voltei! E desta vez para continuar a narrativa da nossa Trip Aveiro!
Já vos contei as primeiras aventuras no post anterior, portanto impera terminar a história, certo?




sexta-feira, 20 de julho de 2018

Trip Aveiro I

Bom dia! Bom dia!

Levo sempre imenso tempo até concluir a edição das fotos de cada viagem! Mas, minha gente...tardou mas não faltou!

Lembram-se de há cerca de 1 mês eu ir publicando fotos de um passeio que fiz rumo a norte!? Pois bem...aqui está a foto-reportagem!




Há já meses que esta viagem estava falada! Eu e um grande amigo de há anos, o João Miguel, de há 20 anos na minha vida para ser mais específica, decidimos que estava na altura de umas mini-férias! A mana Mia também era para vir mas os turnos de enfermeira não a deixaram e posto isto, eu e o "mano" João demos seguimento ao plano.

Inicialmente o destino era uma incógnita mas a minha vontade de voltar a Aveiro fez-nos traçá-la como rota.
Fomos 3 dias e o planeamento, confesso que como sempre, meio de última hora! Eu lá tratei de umas coisas, ele doutras e a coisa deu-se! Lá estávamos nós de mala feita, no meu carrinho, rumo a Mira, onde viria a ser o local de recarga de baterias dos dias que aí vinham! Onde estava o nosso hotel (mas a essa parte já lá vamos!).


Portanto... plano de festas:

1ºDia: Aveiro + Praia da Barra + Costa Nova
2ºDia: Piscina no hotel + Buçaco + Luso + Por-do-sol em Mira
3ºDia: Nazaré e regresso


 Comecemos pelo inicio então!
A viagem de ida: boas conversas, algumas confidencias (as típicas de uma confiança de manos de coração, conquistada ao longo anos), muita música, uns quantos vídeos, diretos de Instagram (Sim, muitos! E confesso que foram uma animação, com dicas sobre o nosso destino! Obrigada amigos do João! xD) e ainda uma paragem para atualizar trabalho!

Para o 1ºDia já tínhamos reservado um passeio de moliceiro, que era algo que queríamos realmente fazer. Os moliceiros são as embarcações típicas da ria de Aveiro, e que por momentos quase me transportam para as gondolas de Veneza! O trajecto dura cerca de 30 a 40 minutos e ao longo deste tempo vamos apreciando a maravilhosa vista para as margens da ria e vão-nos explicando o que estamos a observar e algumas curiosidades e particularidades giras da cidade. No fim, fomos brindados com uns ovos moles.
Apesar do tempo chuvoso que nos obrigou a comprar um guarda-chuva de emergência na Ale-Hop, o tempo depois lá se aguentou e fez com que valesse muito a pena o passeio! Ficou em 10€/pax e recomendo!

domingo, 15 de julho de 2018

Batido de Morango

Bom dia! Alguém desse lado já de férias? Eu ainda não mas a primeira ronda já não tarda muito! Nos entretantos vão-se aproveitanto fins-de-semana e fins de tarde para ir até à praia apanhar solinho e dar aquele boost de vitamina D.
Um dos cuidados a ter: hidratar, hidratar, hidratar! Não só hidratar exteriormente a pele como hidratar todo o " interior" do corpo bebendo muita água e consumindo alimentos igualmente ricos em água: fruta, legumes, evitando produtos processados ricos em gorduras e açúcares.
Ora...e que tal começarem a manhã com este batido? Adoro batido de morango...portanto aqui vai a partilha!




sábado, 14 de julho de 2018

Miravillas hotel, entre campo e praia

Foi em fins de Junho que eu e um grande amigo, de há anos, decidimos fazer uma trip rumo a Aveiro!
A estadia foi ele quem a escolheu. Chamou-lhe a atenção desde logo os tons claros e coerentes do espaço, a envolvência da natureza, a tranquilidade que todo o sítio fazia transparecer! Mandou-me o link e eu concordei, claro! Estava escolhido...íamos ficar no Miravillas Hotel.



domingo, 8 de julho de 2018

Bolo de laranja com 4 ingredientes

Sou uma aficionada por pão-de-ló! É mesmo! Eu sei que é aquele bolo simples simples, mas gosto pronto! E quando têm aquele toquinho de fundo a laranja...está feito...lá se vão umas quantas fatias e uns quantos treinos a seguir!

Bem...então hoje o plano é simples...é um bolo de laranja quase em jeito de pão-de-ló, super fofo mas que é ultra fácil de fazer e com menos ingredientes que isto é realmente impossível - QUATRO!
Para além disso, não leva gordura nenhuma e optei por utilizar um açúcar da sidul com Stevia (encontram-no em qualquer grande superfície), em que basicamente a quantidade utilizada habitualmente para adoçar, reduz para metade e as calorias também! 

Soa-vos bem, verdade? É que a mim soa-me mesmo muito bem e fica muito bom para integrarem numa mesa de pequeno-almoço ou lanche assim mais especial! 
A frutinha é o remate final em decoração e sabor! Recomendo que não abdiquem da laranja e da manga! :P




sábado, 7 de julho de 2018

Festa na montanha

Adoro! Era nada. Deserto com recorte montanhoso como pintura de fundo! 
Vais então e distribuis umas rulotes com pinta, que pintas, decoras, com os tons certos, os padrões certos, as texturas certas.
Mesa corrida de banco corrido. Os arranjos, as almofadas, a loiça que usas escolhida pela simplicidade que o sitio implica com a sofisticação que o dia merece.
As lâmpadas espaçadas num cabo que é moda, que percorrem o espaço e o deixam ver quando o sol se for. São o toque que falta.

Agora olhem para as fotografias, deliciem-se e digam-me só se é ou não aquele sítio de sonho!

Bem vindos aos meus sonhos! :P





domingo, 1 de julho de 2018

Massada de tofu e legumes

Aqui há um tempo falaram-me que tinha poucas receitas "de panela" por aqui! E é verdade! É que como vivo sozinha, quase sempre que faço este tipo de comidas, acaba por sobrar porque junta aqui, junta acolá e quando dou por mim tenho um panelão e depois não dou conta!
Por outro lado, sem dúvida que num contexto de uma família normal/grande este é um tipo de comida que acaba por resultar muito bem: é prático, rápido e rende umas quantas doses!

Portanto a receita de hoje é precisamente uma dessas comidas de tacho, vegetarianas em que mete-se quase tudo para dentro do tacho e as coisas acontecem! :)
Massada de Tofu com legumes!
Querem a receita?

PS: Usei massa de roscas integral/ semi-integral porque sinceramente acho que depois de cozida cumpre praticamente o mesmo efeito que a não integral, com a vantagem de ter outros nutrientes que "distraem" o organismo da absorção dos hidratos de carbono de cadeia longa (vulgo açúcares de absorção lenta). Experimentem utilizar e depois digam-me de vossa justiça!
Para celíacos comprem massa sem glúten! São tudo opções disponíveis no mercado!



sexta-feira, 29 de junho de 2018

10 coisas sobre mim

Bem...hoje é dia de vos falar um pouco mais sobre mim! Não é que eu seja uma vedeta mega importante (ainda que, para quem viu no instagram e facebook tenho uma fotografia na passadeira vermelha! hahaha Já vos mostro aqui em baixo"xD) mas opá, já lá vão mais de 2 anos deste lado e confesso que quando leio um blog dá-me assim aquela curiosidade sobre quem o escreve!
Portanto decidi fazer um post sobre 10 curiosidade engraçadas e simples sobre mim! xD

Vamos a isto?



sábado, 23 de junho de 2018

Crepe de espinafres, manga e abacate

Por estes dias tenho andado em estágio de pediatria, onde tenho assistido a consultas de diferentes áreas de intervenção dentro da saúde infantil! Ora uma das consultas a que tenho ido é a de risco cardiovascular, onde imaginem só...tratamos crianças (e acreditem que são mesmo muitas!) basicamente com obesidade, hipertensão arterial e hipercolesterolemia. 

E confesso que fico francamente preocupada com o que por vezes observo! Confesso que me assusto com o quanto algumas famílias são negligentes no que toca às compras que fazem para casa, ao que colocam na mesa e o quanto insistem em perpetuar maus hábitos de vida mesmo depois de uma conversa franca onde se ensinam truques para comer melhor e se explica o quanto a saúde da criança está a ser afetada neste contexto.

É extraordinário perceber que consulta após consulta, pais e filhos descrevem exatamente o que deve ser alterado e que erros alimentares estão a acontecer mas ainda assim os refrigerantes continuam a aparecer na mesa em vez da água, os legumes e a fruta continuam a ser uma inexistência e os croissants e bolicaos continuam a insistir em entrar na lancheira! 

E sim! Isto aborrece-me!
Porque enquanto adultos, tomarem uma decisão que afete a sua vida...ok! São maiores e responsáveis pelo que fazem! Agora... as crianças são o espelho do que lhes é ensinado e se os pais não tiverem o cuidado de ensinar e mostrar o que são bons exemplos, com uma grande probabilidade as crianças não vão alterar os seus hábitos! Se as bolachas, as batatas fritas, os croissants, os refrigerantes...não aparecerem na mesa (porque nem sequer chegaram a ser comprados!) então a criança simplementes não irá consumi-los! Simples! O paladar educa-se...ok?

Um dos erros mais frequentes e de fácil correção que tenho encontrado neste percurso é a inexistência de legumes às refeições! 

Seja em modo de sopa (e canja não é sopa!) ou de saladas cruas ou de legumes cozinhados...eles têm sempre que representar uma fracção significativa do prato! Sempre!
Portanto minha gente...aqui fica um exemplo de receita fácil e prática de cozinhar, altamente nutritiva e que poderá ser um excelente exemplo de acompanhamento numa refeição! Super leve...perfeita para o verão! Experimentem! 




quinta-feira, 21 de junho de 2018

Perfect day

Tenho um fascínio imenso por festas pensadas ao detalhe, daquelas onde tudo combina, desde  o primeiro dia em que se pensa o convite ou o save the date até aos pormenores do dia H onde a imaginação de longos meses se comprime em bruto ali num dia só, num espaço só. 
Perfect!

Ora, por estes dias lia um post da Joana - médica e uma grande blogger, autora do Palavras que enchem a barriga (espreitem lá! É super giro e descontraído!), sobre a organização da festa do Matias (o pequenote dela!)! E achei uma imensa piada ao post onde de uma maneira bem sincera não pude deixar de me rever no que por ali se contava!
É que na minha cabeça imagino o que quero, pesquiso no pinterest e instagram as ideias, passo ao papel e à cozinha o que tracei como plano mas volta e meia o resultado não é perfeito, perfeito! Entendem? Há sempre um detalhe de última hora que falta! Há sempre 500 coisas para organizar num dia só (fora as outras 500 mil que já envolvem o dia-a-dia), há sempre aquela parte em que não ficou perfeito mas já não há tempo para voltar atrás! E no fim...uma imensa sensação de cansaço e de quem não desfruta! Com o tempo tenho aprendido a gerir isso...no entanto começo a chegar à conclusão de que em certos momentos é muito para uma pessoa só (principalmente quando essa não é a vida que a pessoa leva) e que o que se gasta nem sempre compensa o esforço, valendo a pena contratar uma daquelas equipas/empresas de organização de eventos cujo trabalho já conheçam e sintam que não vai desiludir.

E com isto não estou a dizer que nunca mais organizo nenhuma festa! Não! Pelo contrário! Adoro o desafio! Mesmo! 
Mas por vezes é preciso escolher as batalhas que se compram e no meio de um dia super preenchido onde o cansaço impera vale a pena pensar naquela ajudinha boa! :)

E com isto tudo deixo-vos esta decoração lindíssima!

P-E-R-F-E-I-T-A

Com aquele toque azul de mar e a praia de fundo, digam lá que não gostavam de um dia destes para vocês!?




sábado, 9 de junho de 2018

Crumble de maçã e frutos vermelhos

A semana foi de loucos e há já tempo que não ansiava tanto pelo fim-de-semana! Não é que vá fazer nada de espetacular mas só pela parte de ter tempo para mim, para os meus e para a casa já me parece o melhor plano de sempre! xD
Portanto, depois de um treino, arruma-se a casa, escreve-se para o blog e à noite vamos lá dançar a valsa! É o baile de finalistas do mano e eu vou dançar com ele! Depois de semanas e semanas de ensaios é hoje o grande dia! hehe

Enquanto isso partilho convosco esta receita em jeito de crumble de maçã e frutos vermelhos! Tinha imensas maçãs cá em casa a precisarem de ser gastas e como adoro aquele crocantezinho do crumble pensei...bora lá! É mesmo isto para hoje! 
A receita está simples, modesta no que toca a doce! É de proposito porque acabei por a usar como pequeno-almoço! Junto com uma bola de gelado de skyr...minha gente está feita um not guilty pleasure!




domingo, 3 de junho de 2018

sábado, 2 de junho de 2018

Sintra a pé 1

No sábado passado fui até Sintra!
É umas das vilas mais bonitas de Portugal e adoro ir até lá.
Ora no facebook tenho ativadas as notificações da NIT (New in town) e foi por lá que recebi a informação deste passeio a pé, por alguns miradouros da Serra de Sintra.
Com o custo de 10€ incluía guia, seguro e um passeio a pé de 8Km (tenho dúvidas se foi efetivamente!) com a duração de 3h. A empresa organizadora é a Lynx Travel e organiza passeios também para outros locais incluindo por exemplo Serra da Arrábida e Lisboa. 

Ponto de encontro: as escadinhas do Palácio Nacional de Sintra.
Início: às 10h.
Grupo: Cerca de 40 pessoas.
Preço: 10€/1pax. 15€/2pax
Ritmo de caminhada: passo +/- rápido (o que confesso que me agradou, mas para algumas pessoas pode ser um defeito).
Condições do percurso: Quase sempre a subir em trilhos por dentro da serra.
Guias: Vai 1 à frente e outro atrás do grupo. Muito simpáticos! Vão explicando algumas curiosidades sobre os locais/monumentos.
Cuidados a ter: Coloquem protetor solar em casa...são algumas horas expostos ao sol. Devem levar snacks e água para o percurso. Roupa e calçado confortável e adequado para caminhadas...e não se esqueçam do chapéu!

O percurso não inclui entradas nos monumentos, apenas passagem por miradouros e exterior de alguns dos edifícios mais importantes. Ainda assim gostei muito e recomendo! :)




quinta-feira, 31 de maio de 2018

Torta de legumes

Bem...a mãe tem andado uma cozinheira nata! De vez em quando chegam-me fotografias de algumas novidades que lá aconteceram na cozinha dela! Ora por um destes dias numa mensagem dizia-me a mãe que tinha feito um rolo de legumes...sem saber receita nem nada, pensei... excelente ideia! Também vou fazer um à minha maneira com o que tenho cá em casa! E aqui têm o resultado!
Ficou mesmo muito bom e parece-me ótimo para apresentar numa festa como entrada ou mesmo como acompanhamento num prato principal! Os legumes...sintam-se livres para usar os que tiverem por casa, o ponto é sempre o mesmo, usar a mistura dos ovos para servir de ligando! :)

Excelente ideia para experimentarem neste feriado, certo?
Vamos à receita?




segunda-feira, 28 de maio de 2018

Sobre a vida





De repente tudo vai ficando tão simples que assusta. A gente vai perdendo as necessidades, vai reduzindo a bagagem. 


As opiniões dos outros, são realmente dos outros, e mesmo que sejam sobre nós, não têm importância. Vamos abrindo mão das certezas, pois já não temos certeza de nada. E, isso não faz a menor falta. 

Paramos de julgar, pois já não existe certo ou errado e sim a vida que cada um escolheu experimentar. 


Por fim entendemos que tudo o que importa é ter paz e sossego, é viver sem medo, é fazer o que alegra o coração naquele momento e só."





Obrigada zifernandesstories por este texto lindo que tão bem
caracteriza o que na alma de muita gente vai!


segunda-feira, 21 de maio de 2018

Granola de chocolate e o desporto

Para quem me vai acompanhando tanto na minha vida pessoal como no instagram percebe que tenho andado muito mais ativa no que toca a desporto! No entanto desisti do ginásio! E eu sei...parece não senso! :P

A verdade é que tenho tido imensas coisas para fazer e resolver o que na prática se traduz muitas vezes em pouco tempo ou horas indecentes para ir ao ginásio! E como não tem muita piada pagar uma mensalidade tempos e tempos sem lá aparecer desisti! Solução para isto: treinar em casa, onde os horários são mais flexíveis! Tenho algum material de desporto (é um investimento barato) e pelos anos que levo de pratica de exercício físico em aulas tenho alguma facilidade em saber que tipo de exercícios devo fazer para treinar cada parte do corpo. De qualquer das formas há vídeos excelentes no youtube para quem quer alguma orientação. Uma boa parte das vezes, agora que o tempo está bom, saio para correr e depois então faço o meu treino de braços, pernas e abdominais! :) E tem resultado muito bem mesmo!

Para os que me perguntam como faço para não desistir!? A verdade é que isto requer muita autodisciplina e ser regrada! Não há dia que acorde mega inspirada para e muito menos que por auto-recriação diga "Hoje apetece-me imenso soar e esforçar-me até quase cair para o lado!" Não! Não há! Há sim uma enorme vontade de me manter bem e de não voltar ao meu M/L de adulto quando ainda ia nos meus parcos 8 anos! Poisssssssss... é isso!

Junta-se a isto uma tentativa de manter uma boa alimentação! Claro que faço os meus excessos mas tento sempre compensar com boas escolhas a seguir!

Portanto em jeito de contributo para os vossos bons hábitos alimentares aqui vai uma receita de algo que com frequência gosto de ter preparada em casa: GRANOLA CASEIRA!
As de compra dos hipermercados esqueçam ok? Estão carregadas de açúcar e aditivos!



sábado, 19 de maio de 2018

Quase Café e um passeio por Lisboa

|Por aí a encher a barriga de coisas boas|

Foi no fim de semana passado que com umas amigas decidimos que era dia de brunch! A noite tinha sido longa e sabíamos que aquela mistura de pequeno almoço que não chega a ser almoço era a fórmula perfeita para o dia a seguir.
Estávamos em Alfama e por isso a escolha do sítio a ir regeu-se por uma pesquisa no google de sítios com brunch ali mais ou menos perto! Acabamos no Quase Café mas houve história antes.





Inicialmente escolhemos o Maria Limão, que há já um tempo que queríamos experimentar, mas isto não correu lá muito bem!


terça-feira, 15 de maio de 2018

Bolo caseiro de cenoura e noz

Meus amores! Bom diaaaaa!
Então é assim...é dia de banco e é preciso reforço energético! Quem é que paga com o assunto? Vocês! Porque vão ter direito a receita de bolinho! xD
Já lá vai algum tempo desde que fotografei este bolo mas digo-vos já que é um dos meus favoritos! Na altura fiz em jeito de mimo e como já era fim de tarde as fotos estão escuras! Perdoem-me! :/
Quanto à receita...não é extra saudável já que leva açúcar refinado mas de qualquer das formas reduzo sempre bastante a quantidade de açúcar em relação a receitas que normalmente me dão e portanto considero que tem o mínimo de açúcar possível num bolo! Leva noz, leva cenoura (ou curgete) e fica ótimo! Experimentem!



domingo, 13 de maio de 2018

Irlanda - Parte 2

Bom dias amores meus!
Hoje tenho a segunda parte da foto-reportagem à Irlanda para vos mostrar. Pode ser?

- DIA 3: KILKENNY/CASHEL -

Ora como vos contei no último post, jantamos e ficamos hospedados em Kilkenny na segunda noite (chovia torrencialmente!:/) e só no dia seguinte saímos para conhecer mesmo a cidade! É pequena mas amorosa! Daquelas com casinhas fofas umas de cada cor, castelo dos desenhos animados e uns quantos museus.
Tem turismo por isso passem por lá para vos explicarem o que visitar! Nós fomos até ao castelo, ao museu medieval (que é pequenino e não tem nada de especial mas vale pelas vidraças com enorme vista pata a cidade e também é super barata a visita - por 1€ podem requisitar gravações em várias línguas para visita guiada) e passeamos por lá a pé!

A seguir o destino seria cork com passagem por Cashel (estamos sempre a falar de cerca de 1h entre cada cidade, com direção à zona costeira sul da Irlanda).

E o que é que cashel tem de especial? Mais uma vila (esta mais pequenina) amorosa bem ao jeito Irlandês e mais um castelo (há imensos pela Irlanda fora ou não fosse este um país rodeado de água com grande necessidade de defesa e fortificações) que o meu irmão imediatamente achou que tinha acabado de chegar a uma cena de Game of Thrones (vejam as fotos e depois digam-se se acham o mesmo). Como fica em caminho acho que merece ser visitada e parar um pouco para um café ou chocolate quente.

No fim do dia chegamos a Cork, a segunda maior cidade da Irlanda com um porto importante (segunda maior baia natural do mundo, depois de Sydney). O recorte e as cores da cidade rapidamente me transportam para Amsterdão! Casas na margem do rio Lee, galerias de arte, museus, restaurantes, bares... cidade movimentada de dia e de noite!


- Castelo de Kilkenny -



sexta-feira, 11 de maio de 2018

Irlanda - Parte 1

Foi algures junto à páscoa que eu e a família (mãe, pai e mano) fomos até à Irlanda.
Não é que eu adore estas épocas festivas para viajar, uma vez que as viagens ficam sempre mais caras mas a verdade é que o mano tem aulas e nós temos que nos encaixar no calendário escolar dele se queremos que ele vá. Não tínhamos nenhuma ideia em particular de sítio a ir...o plano era pesquisar e ver o que nos agradava de viagens e preços. Et voilá...a Irlanda foi a eleita.

Comprámos passagem para Dublin e decidimos que o ideal seria alugar um carro para podermos ir conhecer outros sítios! Decisão muito sensata desde que quem vá conduzir tenha relativo à vontade em experimentar carros diferentes (tipo...com volantes à direita! xD)

Fomos 5 dias, já com viagem completamente planeada, desde roteiro, aluguer de carro, estadia...

A entrada no país pode ser feita com cartão de cidadão ainda que passemos sempre pelas cabines da polícia nacional para identificação.

A viagem foi pela Aer Lingus (companhia irlandesa), correu tudo lindamente! Quando chegámos era de madrugada (3h da manhã?) e decidimos que já não valia a pena hotel para essa noite! Lá ficamos nós no aeroporto até amanhecer e ser horas de levantar o carro! (Sim, os daddys alinham melhor nisto do que eu que fico cheia de neura do sono e com uma certa rabugice! hahaha). Confesso que ainda dormi um bocado por lá meio deitada meio sentada e mais teria dormido, não fossem eles meter a música a tocar para o pessoal acordar! xD

Para o aluguer do carro a carta de condução de Portugal é suficiente e os carros são bem tratados com um funcionamento das companhias de aluguer semelhante a Portugal excepto o seguro contra todos os riscos que é uma pequena fortuna (nós pagámos 300€ pelos dias que lá tivemos, só de seguro).
Fomos avisados no momento do levantamento que todas as autoestradas eram pagas na portagem (e muito bem pagas a preço de ouro :p) nesse momento excepto a M40 que só posteriormente à devolução do carro é que o valor seria cobrado. 
Quanto ao volante...escuso de dizer que o facto de ser à direita é todo um atrofio! O meu pai foi o condutor e é todo um aventureiro e desenrascado nisto mas a verdade é que a adaptação ainda custa um bocado e a maior parte das vezes tem que se processar tudo de maneira oposta ao que se aprende em Portugal! É preciso muita atenção!

Vamos ao roteiro da viagem?

- DIA 1: DUBLIN -

Este dia foi todo para passear por Dublin. Confesso que não foi uma cidade pela qual me perdesse de amores... é gira mas há mais giras sinceramente! Achei-a cinzenta...talvez porque o tempo não tenha ajudado! A verdade é que as algumas pessoas com quem falei sobre a capital, a opinião divide-se entre o gostei muito ou gostei mais ou menos (tipo eu!):P Ainda assim sou sempre da opinião de "não deixem de visitar, assim têm uma opinião para dar!"

Uma boa dica para quem vai conhecer a cidade a pé é irem até um posto de turismo próximo e perceberam onde e a que horas se realizam os "walk in". Normalmente estes são passeios com guia e com valores muito simpáticos. No nosso caso até nem cobravam nada e no fim cada um dava o que queria.

Outra opção são os Hop on, Hop off...os autocarros turísticos que fazem tour por toda a cidade. Há deles por todo o lado por isso facilmente conseguem informações!


Pontos de interesse por lá:
- O zoo (Phoenix park): deixávamos para ver no último dia mas estava a chover tanto, tanto mas tanto que desistimos...mas acho que teria gostado bastante e fiquei com muita pena de não ir lá!

- Guiness Storehouse: É a fábrica da cerveja artesanal Irlandesa. Um autêntico icon nacional. Conta a história da cerveja. A entrada é cara e deve ser marcada previamente ou arriscam-se a horas de filas enormes.

- St. Stephens Green: É um jardim fofinho muito agradável com lagos, patos e arranjos de flores e jardins muito giros.

- Grafton Street: É a avenida principal de Dublin, por onde só circulam a pé ou de bicicleta, onde há imensas lojas e artistas de rua que trocam imensas vezes (se passares para um lado estão uns e a seguir de passares para o outro lado arriscaste a que já não sejam todos os mesmos!)

- Kilmainham Gaol: em tempos uma prisão onde foram prisioneiros e executadas algumas entidades importantes de revoluções irlandesas. Hoje um museu. Não visitamos o interior já que quando chegamos a hora permitida para entrada para a última visita já tinha terminado. Fica perto do museu da cerveja, já mais na periferia.

- Dublin Castle: Mesmo no meio de Dublin. É giro mas perdi-me mais nos castelos que fui visitando fora de Dublin já que são mais imponentes e majestosos... tipo game of thrones. :P

- Temple Bar: Um bar emblemático da cidade mais concretamente do bairro de Temple. Há vários bares típicos por lá e mais baratos se quiserem experimentar ainda que este seja o the one...ficou famoso!

- The spire (monumento da Luz): É enorme, tem 120m e custa a encaixar na objectiva da máquina fotográfica a não ser que estejam longe! :p Passei por ele...mas não tirei fotos! Fail!

- Saint Patricks Cathedral: Mesmo no centro da cidade. É a maior igreja da Irlanda, datada do século XII. É onde está sepultado Jonathan Swift, autor de " As viagens de Gulliver". Estava encerrada quando lá fui mas frequentemente tem concertos e corais. 


- Saint Patricks Cathedral -