sábado, 10 de dezembro de 2016

Na cidade templária |Tomar|

Improvável. Imprevista. Improvisada.
|E tão tão boa, como há um tempo não sentia|
Falei-lhe que no dia seguinte ia compensar o que 10 anos de amizade não tinham deixado. 
Falei-lhe que estava na altura de aceitar o eterno convite e conhecer a cidade que a viu nascer. 
Foi assim a visita à cidade dos templários. Foi assim a visita a Tomar. Foi assim a visita a uma das pessoas que guardo no restrito espaço de amigos à séria, daqueles que o tempo se impõe mas as palavras soltam-se tão naturalmente, parece que ainda agora se acabou de apoiar o telefone.

Não levava expectativas. Pouco sabia sobre o sítio. Pouco tempo tive para procurar o que iria ver. Decidi que deixar-me-ia levar e a companhia faria o resto!
E que surpresa tão tão boa. 
Vi-me a viver ali!

Mal se chega, no olhar não cabe a enorme beleza de um rio, o Nabão, atravessado por pontes e de margens que contam história. 
















É junto ao jardim de Mouchão que estaciono e logo aí, a pé e de máquina fotográfica na mão a objectiva começa a captar. Fica ela e fico eu, extasiadas.


















Homenagem ao músico, escritor e compositor Fernando Lopes Graça.










As ruas e recantos. Que delicia.









Fomos almoçar ao In Portugal. Giro que se farta, de ambiente que apetece estar e ficar e comida boa servida com simpatia!
A escolha foi vegetariana, tofu marinado com legumes salteados. Acompanhámos com um belo copo de vinho e uma boa dose de conversa. No fim, a cheesecake de pistachio e lima foi o remate final. Estava óptimo!
Txim-txim. À nossa.















Chegámos à praça da república, a principal.

♥ Cenário de fundo: o castelo. 
♥ Monumentos: A câmara municipal, a igreja de São João Batista e a Estátua de Dom Gualdim Pais, fundador da cidade de Tomar.
♥ Animação: da boa! Sentá-mo-nos na esplanada para ver a Tuna Templária. Eles, rodearam-nos e tocaram para nós! Obrigada

Para finalizar em beleza, decidimos dar um passeio de TukTuk, com a Tuk Lovers.
O Luís, impecável e de uma boa disposição incrível, foi quem nos conduziu nesta viagem pelos pontos mais giros e importantes da cidade. Entre a história que nos vai contando (e que dela tanto sabe), as curiosidades que lá vão saindo e as fotografias que nos vai tirando...só vos digo...vale tanto tanto a pena!
Adorámos simplesmente!








Igreja de Santa Maria dos Olivais.










Convento de Cristo.



Aqueduto dos Pegões













O céu brindou-nos com este fim de tarde de cores incríveis.


























Hei-de voltar para desta vez ir-mos um a um, visitar cada sítio na sua essência interior.
E desta vez não vai tardar. Te prometo!

Mil vezes obrigada minha querida!
Vim de coração cheio.

♥ -


Sem comentários:

Publicar um comentário